terça-feira, 2 de dezembro de 2008

O feiticeiro, o profeta, o guardião do equilíbrio, é o dono de muitas caras, descobre vida na morte e não teme qualquer mal, apenas atravessa portas!

As portas são uma qualquer entrada

Não sei bem qual...

Guardado por anjos sem asas, pois esses

decerto ainda existem!

A magia que se sente não tem uma explicação

ou nem mesmo um sentido

Acontece quando existe a força de lutar

e de mudar o mundo sozinho!

Gostava de fazer essa magia acontecer

de mudar apenas um olhar, uma expressão

Um sorriso!

De dar vida aos dias que passam!

De ser eu mesma...!


2 comentários:

Sal Ober disse...

nem de propósito. Sejamos nós, outros, tanto faz. Sejamos, pura e simplesmente. À procura de ser alguém diferente alia-se a inexistência de um nós.
Sê, qualquer coisa, mas sê, vida.

Beijooo

DaiSantos disse...

tens mais magia do que podes imaginar! quem quiser ver, verá. emanam das tuas palavras, do teu olhar...