quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Adeus...!


Sonhando acordada...
O mar agitado lá fora
O som das ondas a rebentar na areia
Deixei que a brisa me acalmasse!

As estrelas não brilhavam mais
O Sol também se escondeu...
Triste, mas não sozinha
Continuei a olhar pelo vazio
para lá da janela!

Procurei-te com olhar vago
Estavas ao meu lado mas disperso.
Chamei-te e apenas respondes-te...
Shiu! Dorme... descansa...
Poque gosto de ti!

Tal não poderias ter dito se o sono
não te atordoasse, poderias?
Talvez... mas não agora.
Disse-te Adeus! Chorei mil lágrimas
porque me despedi!
Talvez um dia te volte a encontar
não sei...
O futuro é uma incerteza
na qual penso todos o dias!
Não mais agora, não mais em ti!

Vai para o teu longe
onde queres ser Feliz!
Procura e não acharás!
Vive apenas... de forma
a que não te arrependas do passado!

Não voltarei a escrever por ti
ou sobre ti!
Porque me o teu abraço é bom demais
para ficar sem ele!
Assim... não pensarei mais!
Lembra-te apenas...
"Houve um dia em que fui Feliz!"


1 comentário:

Sal Ober disse...

"Não voltarei a escrever sobre ti"
Sincero, mas fugaz talvez...
A escrita até pode ficar inerte, mas o pensamento ficará... até que acorde o sonho que atormenta hoje e amanhã.

um beijoooooooooo